18 de outubro, Dia do Médico.





Já dizia William Osler, um dos pais da medicina moderna, que a prática da medicina é uma arte, um chamado, onde o coração é tão importante quanto a cabeça.


Refletindo sobre meus anos de carreira, penso que essa frase faz todo sentido, porque ser médico faz parte de quem me tornei enquanto sujeito e define o modo como encaro a vida. Os afetos que desenvolvemos na jornada da medicina, com pacientes, colegas, amigos, tornam esse caminho muito mais prazeroso.


Neste 18 de outubro, Dia do Médico, parabenizo meus colegas de profissão, que trabalham com ética, humanidade e respeito, para que todos tenha uma vida plena e com saúde.


Posts Recentes